Connect with us

Dia-a-Dia

VÍDEOS: Meio-Dia Paraná de sábado, 3 de outubro

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná.

Publicado há

em


Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dia-a-Dia

UEM abre inscrições para o Vestibular e Processo de Avaliação Seriada na quarta-feira (7)

Universidade Estadual de Maringá (UEM) oferece 2.989 vagas para o Vestibular 2020 e 747 para o PAS. Inscrições devem ser feitas pela internet. Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Divulgação/UEM
A Universidade Estadual de Maringá (UEM), no norte do Paraná, abre, na quarta-feira (7), as inscrições para o Vestibular 2020 e o Processo de Avaliação Seriada (PAS) 2020. Para os dois concursos, os prazos terminam no dia 11 de novembro.
Por causa da pandemia do novo coronavírus, a UEM unificou os vestibulares de Inverno e Verão. Com isso, nesta edição, serão oferecidas 2.989 vagas.
As inscrições para os dois processos seletivos devem ser feitas pela internet, no site do vestibular e do PAS.
Vestibular 2020
As inscrições para o vestibular custam R$ 160 e devem ser pagas até 13 de novembro.
As provas serão realizadas nos dias 21 e 22 de março de 2021 em Apucarana, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Cidade Gaúcha, Curitiba, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama.
Este será o primeir..

Publicado há

em


Universidade Estadual de Maringá (UEM) oferece 2.989 vagas para o Vestibular 2020 e 747 para o PAS. Inscrições devem ser feitas pela internet. Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Divulgação/UEM
A Universidade Estadual de Maringá (UEM), no norte do Paraná, abre, na quarta-feira (7), as inscrições para o Vestibular 2020 e o Processo de Avaliação Seriada (PAS) 2020. Para os dois concursos, os prazos terminam no dia 11 de novembro.
Por causa da pandemia do novo coronavírus, a UEM unificou os vestibulares de Inverno e Verão. Com isso, nesta edição, serão oferecidas 2.989 vagas.
As inscrições para os dois processos seletivos devem ser feitas pela internet, no site do vestibular e do PAS.
Vestibular 2020
As inscrições para o vestibular custam R$ 160 e devem ser pagas até 13 de novembro.
As provas serão realizadas nos dias 21 e 22 de março de 2021 em Apucarana, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Cidade Gaúcha, Curitiba, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama.
Este será o primeiro vestibular que a UEM adotará o sistema de cotas para negros, aprovado em novembro de 2019, com reserva de 20% de vagas para cada curso de graduação para candidatos pretos e pardos.
A universidade explicou que dentro dessa porcentagem ainda haverá a divisão de duas categorias vagas. Serão destinadas 15% das vagas para estudantes negros de baixa renda e os 5% restantes para estudantes negros sem esse recorte social.
Além das cotas para negros, também serão reservadas 20% das vagas em cada curso para cotistas sociais. Serão beneficiados os estudantes que cursaram as quatro últimas séries do ensino fundamental e ensino médio em instituições públicas ou que estejam registradas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico).
Consulte o edital do vestibular
PAS
As inscrições do Processo de Avaliação Seriada (PAS) custarão R$ 80 e também deverão ser pagas até 13 de novembro.
Para este concurso são oferecidas 747 vagas para os candidatos que participarão da etapa 3 e ingressarão no ano letivo de 2021.
As provas do PAS serão realizadas no dia 21 de fevereiro de 2021, nas cidades de Apucarana, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Goioerê, Ivaiporã, Loanda, Londrina, Maringá, Paranavaí e Umuarama.
Consulte o edital do PAS
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Continue Lendo

Dia-a-Dia

Polícia Civil troca delegado-chefe de Londrina; delegado de Telêmaco Borba assume o cargo

Osmir Ferreira Neves deixa a chefia a Subdivisão Policial durante investigações contra policiais civis suspeitos de corrupção. Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto assumirá a chefia. Delegado Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto assumirá chefia da Subdivisão da Polícia Civil em Londrina
Reprodução/RPC
A Polícia Civil divulgou que vai trocar o comando da subdivisão policial em Londrina, no norte do Paraná. Depois de três anos e meio, o delegado-chefe Osmir Ferreira Neves deixa o cargo em meio às investigações de corrupção envolvendo policiais da instituição.
Operação mira policiais civis suspeitos de cobrar propina de investigados e advogados, em Londrina
Dois dos cinco policiais alvos de operação contra corrupção foram presos em fevereiro por desvio de carga apreendida, diz MP
Sete policiais civis de Londrina são presos suspeitos de corrupção
Corregedoria indicia policiais civis presos por associação criminosa, peculato e cárcere privado
Por meio de nota, o comando da Polícia Civil informou..

Publicado há

em


Osmir Ferreira Neves deixa a chefia a Subdivisão Policial durante investigações contra policiais civis suspeitos de corrupção. Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto assumirá a chefia. Delegado Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto assumirá chefia da Subdivisão da Polícia Civil em Londrina
Reprodução/RPC
A Polícia Civil divulgou que vai trocar o comando da subdivisão policial em Londrina, no norte do Paraná. Depois de três anos e meio, o delegado-chefe Osmir Ferreira Neves deixa o cargo em meio às investigações de corrupção envolvendo policiais da instituição.
Operação mira policiais civis suspeitos de cobrar propina de investigados e advogados, em Londrina
Dois dos cinco policiais alvos de operação contra corrupção foram presos em fevereiro por desvio de carga apreendida, diz MP
Sete policiais civis de Londrina são presos suspeitos de corrupção
Corregedoria indicia policiais civis presos por associação criminosa, peculato e cárcere privado
Por meio de nota, o comando da Polícia Civil informou que o delegado Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto, que atualmente está em Telêmaco Borba, irá assumir a chefia da Subdivisão em Londrina.
A nota afirma que a troca já estava prevista há alguns meses, porém, o delegado Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto ainda estava com trabalhos em andamento na subdivisão da cidade dos Campos Gerais do Paraná.
Osmir Ferreira Neves deixou Maringá e mudou para Londrina em 2017, quando substituiu Sebastião Ramos Neto.
O delegado Amarantino Ribeiro Gonçalves Neto é delegado da Polícia Civil desde 2014. À RPC disse que tirou alguns dias de férias e que estará em Londrina na próxima quinta-feira (8).
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Continue Lendo

Dia-a-Dia

Caminhão com amido de milho perde o controle, despenca de barranco, e deixa dois mortos em Manfrinópolis

Acidente aconteceu na madrugada deste sábado (3), na região sudoeste; vítimas estavam no caminhão e morreram na hora. Caminhão despencou de um barranco e só conseguiu parar após bater em um muro
Michele Arenza/RPC
Um casal morreu após um caminhão despencar de um barranco em Manfrinópolis, na região sudoeste do Paraná, por volta das 5h deste sábado (3).
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o veículo transportava amido de milho, perdeu o controle em uma descida, caiu do barranco, e só conseguiu parar ao bater em um muro. As vítimas, que tinham 47 e 48 anos, estavam dentro do caminhão e morreram na hora.
Na casa onde ficava o muro, os moradores estavam dormindo no quarto dos fundos e não se feriram. Todos disseram que acordaram assustados com o barulho do acidente e com a carga de amido espalhada por várias casas.
Caminhão transportava amido de milho, e o casal que estava no veículo morreu na hora
Michele Arenza/RPC
Foram necessários três guinchos pra conseguir retirar o ca..

Publicado há

em


Acidente aconteceu na madrugada deste sábado (3), na região sudoeste; vítimas estavam no caminhão e morreram na hora. Caminhão despencou de um barranco e só conseguiu parar após bater em um muro
Michele Arenza/RPC
Um casal morreu após um caminhão despencar de um barranco em Manfrinópolis, na região sudoeste do Paraná, por volta das 5h deste sábado (3).
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o veículo transportava amido de milho, perdeu o controle em uma descida, caiu do barranco, e só conseguiu parar ao bater em um muro. As vítimas, que tinham 47 e 48 anos, estavam dentro do caminhão e morreram na hora.
Na casa onde ficava o muro, os moradores estavam dormindo no quarto dos fundos e não se feriram. Todos disseram que acordaram assustados com o barulho do acidente e com a carga de amido espalhada por várias casas.
Caminhão transportava amido de milho, e o casal que estava no veículo morreu na hora
Michele Arenza/RPC
Foram necessários três guinchos pra conseguir retirar o caminhão do local. Por causa do acidente, a rodovia ficou interditada por várias horas.
O caminhão tinha saído do Mato Grosso do Sul e iria para o Rio Grande do Sul.
Acidente aconteceu em Manfrinópolis, na região sudoeste do Paraná
Michele Arenza/RPC
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Continue Lendo

Em alta