Connect with us

Moda

Marie Rucki: “A criação não existe. O que existe é o trabalho em cima de uma ideia”

FOTOS REGISTRADAS NO PERFIL DO INSTAGRAM DA ESCOLA SÃO PAULO Os estudantes (e amantes) da moda sairam cedo da cama no último sábado (1) por uma ótima causa: Marie Rucki, diretora do Estudio Berçot de Paris, veio à capital paulista para falar em um Seminário de Jornalismo de Moda organizado pela Escola São Paulo. Além dela, estiveram presentes no evento Costanza Pascolato, Dudu Bertholini, e editora de moda da Folha de São Paulo, Vivian Whiteman e o fotógrafo Paulo Vainer. Divivido em cinco fases, o ciclio de palestras foi separado de acordo com um tema central e falado por cada profissional expert no assunto. Todos elas foram mediadas pela Diretora da revista Haper’s Bazzar, Maria Prata. Veja o resumo do dia:
Leia mais: Alexander Wang na Balenciaga? Site especializado afirma que sim
COSTANZA PASCOLATO NÃO APROVOU A COLEÇÃO VERÃO 2013 SA SAINT LAURENT PARIS, A PRIMEIRA DE HEDI SLAMANE COMO DIRETOR DA MARCA Na primeira apresentação do dia Marie Rucki falou sobre o impacto das editoras ..

Publicado há

em

  Reprodução/Instagram FOTOS REGISTRADAS NO PERFIL DO INSTAGRAM DA ESCOLA SÃO PAULO

Os estudantes (e amantes) da moda sairam cedo da cama no último sábado (1) por uma ótima causa: Marie Rucki, diretora do Estudio Berçot de Paris, veio à capital paulista para falar em um Seminário de Jornalismo de Moda organizado pela Escola São Paulo. Além dela, estiveram presentes no evento Costanza Pascolato, Dudu Bertholini, e editora de moda da Folha de São Paulo, Vivian Whiteman e o fotógrafo Paulo Vainer. Divivido em cinco fases, o ciclio de palestras foi separado de acordo com um tema central e falado por cada profissional expert no assunto. Todos elas foram mediadas pela Diretora da revista Haper’s Bazzar, Maria Prata. Veja o resumo do dia:

Leia mais: Alexander Wang na Balenciaga? Site especializado afirma que sim

   Divulgação COSTANZA PASCOLATO NÃO APROVOU A COLEÇÃO VERÃO 2013 SA SAINT LAURENT PARIS, A PRIMEIRA DE HEDI SLAMANE COMO DIRETOR DA MARCA

Na primeira apresentação do dia Marie Rucki falou sobre o impacto das editoras de moda no universo jornalístico fashion. A francesa usou exemplos desde o fim o do século XIX, quando as primeiras profissionais no assunto começaram a surgir, até citar profissionais que foram fundamentais na linha do tempo no assunto – Diana Vreeland foi a principal delas. Marie também falou sobre coleções de moda que marcaram o século XX, como a do New Look de Dior, criada em 1947.

A segunda palestra, que teve a presença de Costanza Pascolato, tinha como tema "Interpretações da Moda”. Nela, Costanza e Marie falaram principalmente sobre um dos temas mais repercurtidos no mundo da moda na última semana: a ida de Alexander Wang para a Balenciaga. “Anna Wintour quer levar os americanos à Paris”, disse Marie explicando a influência que a editora de moda norte-americana tem no mercado de moda. A conversa também girou em torno de Hedi Slimane, novo estilista da Saint Laurent Paris. : “Ele (Hedi) não entende a mulher e faz uma moda pseudo-luxuosa”, critica Costanza.

Leia também: Hedi Slimane assume a direção criativa da YSL

Em seguida, Dudu Betholini desenrolou uma conversa sobre editoriais de moda. O estilista que está à frente da marca Neon ao lado de Rita Comparato também trabalha como stylist nas horas “vagas”. Marie, Maria e ele falaram sobre o papel deste profissional nas fotos de moda e sobre a influência que este profissional tem na cadeia fashion como um todo. “O trabalho do stylist ultrapassa a moda atual e prevê a futura”, diz Marie.

Dudu concorda e, vivendo os dois papeis, fala – com bagagem no assunto – que já foi inspirado por imagens de revistas na hora de criar uma coleção: “Uma vez o Paulo Martinez (editor de moda a revista MAG e colaborador de Marie Claire) fotografou uma peça minha para um editorial e a forma que ele fez isso inspirou uma modelagem para a coleção seguinte”, diz.

   Divulgação MARIE RUCKI FALA SOBRE A PUBLICIDADE NA MODA. “NA LOUIS VUITTON REPARE COMO A BOLSA, PERSONAGEM PRINCIPAL DA GRIFE, FICA EM DESTAQUE. JÁ NA CÉLINE, PHOEBE PHILO – DIRETORA DA MARCA, É A MODELO DA CAMPANHA PORQUE REPRESENTA EXATAMENTE O ESTILO DELA”

Para tratar de crítica de moda, Vivian Whiteman da Folha de São Paulo subiu ao palco. A jornalista contou a sua trajetória profissional, desde a época que trabalhava com música, até quando assumiu o posto oficial de editora de moda do jornal após a saída de Alcino Leite Neto. Depois da apresentação, ela, Marie Rucki e Maria Prata desenvolveram um papo sobre o papel da crítica de moda no mercado. “O crítico nunca dirá tudo, é uma questão de política e diplomacia”, diz Marie.

Em seguida, para fechar o seminário, o fotógrafo Paulo Wainer falou sobre a diferença entre criar imagens para editorias e para publicidade, falou sobre as suas influências e também sobre o futuro dos filmes fashion: “O vídeo é uma extensão da foto de moda”, diz ele.

Siga a Marie Claire no

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moda

“As revistas não estão morrendo”, diz Alex Fury, editor da revista LOVE, no Pense Moda

PLATEIA OBSERVA A APRESENTAÇÃO O terceiro e último dia da 6ª edição do Pense Moda, que aconteceu esta semana no MuBE, em São Paulo, foi marcado por dois assuntos: a sustentabilidade na moda e a relação entre o universo editorial online e offline. Na primeira mesa, Marcelo Rosembaum, Chiara Gadaleta, Felipe Morozini e Jair Kievel desenvolveram um papo sobre este ainda pouco explorado mundo das roupas “verdes” e artesanais de luxo no país. Já na segunda, o jornalista Alex Fury, editor da LOVE, tratou de sua trajetória de trabalho e contou sobre a integração da internet com impresso na revista inglesa na qual trabalha. Veja os destaques:
Leia mais: segundo dia de Pense Moda teve a artista italiana Vanessa Beecroft, famosa por suas performances com mulheres nua
JAIR, CHIARA E MARCELO “ARTESANATO NÃO TEM QUE SER BARATO. A PRADA É CARA PORQUE TAMBÉM É FEITA À MÃO”, DIZ MARCELO ROSEMBAUM
A sustentabilidade não é algo novo no mundo da moda mundial e, principalmente brasileira, mas ainda é c..

Publicado há

em

Editora Globo PLATEIA OBSERVA A APRESENTAÇÃO

O terceiro e último dia da 6ª edição do Pense Moda, que aconteceu esta semana no MuBE, em São Paulo, foi marcado por dois assuntos: a sustentabilidade na moda e a relação entre o universo editorial online e offline. Na primeira mesa, Marcelo Rosembaum, Chiara Gadaleta, Felipe Morozini e Jair Kievel desenvolveram um papo sobre este ainda pouco explorado mundo das roupas "verdes" e artesanais de luxo no país. Já na segunda, o jornalista Alex Fury, editor da LOVE, tratou de sua trajetória de trabalho e contou sobre a integração da internet com impresso na revista inglesa na qual trabalha. Veja os destaques:

Leia mais: segundo dia de Pense Moda teve a artista italiana Vanessa Beecroft, famosa por suas performances com mulheres nua

Editora Globo JAIR, CHIARA E MARCELO

"ARTESANATO NÃO TEM QUE SER BARATO. A PRADA É CARA PORQUE TAMBÉM É FEITA À MÃO", DIZ MARCELO ROSEMBAUM

A sustentabilidade não é algo novo no mundo da moda mundial e, principalmente brasileira, mas ainda é considerada pelos especialistas na área um terreno pouco explorado e difícil de ser entendido pelo consumidor. O designer Marcelo Rosembaum, a stylist Chiara Gadaleta, o fotógrafo e colaborador de Marie Claire Felipe Morozini e Jair Kievel (gerente de responsabilidade social da Renner) formaram a mesa – mediada por Rose Andrade – que discutiu o assunto.

Marcelo falou sobre a sua iniciativa "A Gente Transforma" (saiba mais aqui), Chiara explicou o trabalho do "Ser Sustentável com Estilo", Felipe comentou alguns trabalhos de décor realizados por ele de forma eco-friendly, entre eles a do albergue .Oztel, no Rio de Janeiro, e Jair falou das dificuldades em verder este tipo de produto na cadeia de lojas Renner. O designer, por sua vez, foi radical quando comentou sobre a cobertura deste assunto pela mídia: "A mudança é maior que tudo isso, tem que ser da opinião pública mesmo".

Leia mais: Pense Moda – primeiro dia comove fashionistas e levanta a polêmica da ética na internet

Editora Globo ALEX FURY POSA PARA FOTÓGRAFO EM FRENTE AO PALCO DO EVENTO

"AS REVISTAS NÃO ESTÃO MORRENDO. NADA SUBSTITUI A SENSAÇÃO DE FOLHEAR UM PAPEL"

O editor da revista LOVE Alex Fury foi o personagem principal da segunda fase do último dia do evento. Em palestra, o inglês falou sobre seu percurso profissional, além da jornada de trabalho na publicação – que é uma das mais respeitadas na vanguarda fashion. Alex ainda comentou a relação do trabalho entre site e papel. "Não importa se você faz online ou offline. É a identidade que vai fazer comprar de novo a revista ou entrar no site".

Vale lembrar que ele foi diretor de moda do site ShowStudio de 2008 ao início de 2012. A plataforma, comandada pelo top fotógrafo Nick Knight, foi a pioneira em vídeos no seguimento e também responsável pelo primeiro desfile transmitido ao vivo em 360º – o de Alexander McQueen verão 2010.

Siga a Marie Claire no Follow Me on Pinterest

Continue Lendo

Moda

Cinco aplicativos picantes que esquentam a relação e você precisa ter no celular

Os smartphones ganharam uma função muito maior do que apenas a de fazer ou receber ligações. São essenciais para consultar e-mails, se atualizar das notícias, escutar música e – por que não? – dar uma apimentada no seu relacionamento. Aplicativos focados no sexo ajudam a aumentar o clima erótico com seu parceiro e até fazem você se divertir, mesmo se estiver sozinho. Selecionamos cinco aplicativos para baixar já no seu celular e aproveitar momentos (bem!) calientes.
Leia mais: Dicas para apimentar o relacionamento inspiradas em “Amanhecer – parte II”
>> PARA USAR A DOIS

Qual o melhor lugar para transar?
Recém-lançado, o SexSquare é o primeiro aplicativo brasileiro de geolocalização e é uma espécie de FourSquare do sexo. Funciona assim: com anonimato garantido, você faz check-in no local onde fez sexo e, além dessa informação, pode revelar dados como posição, parceiro e até se usaram algum tipo de “brinquedinho”. Segundo os criadores, o objetivo é estimular as pessoas a compartilha..

Publicado há

em

   Getty Images

Os smartphones ganharam uma função muito maior do que apenas a de fazer ou receber ligações. São essenciais para consultar e-mails, se atualizar das notícias, escutar música e – por que não? – dar uma apimentada no seu relacionamento. Aplicativos focados no sexo ajudam a aumentar o clima erótico com seu parceiro e até fazem você se divertir, mesmo se estiver sozinho. Selecionamos cinco aplicativos para baixar já no seu celular e aproveitar momentos (bem!) calientes.

Leia mais: Dicas para apimentar o relacionamento inspiradas em “Amanhecer – parte II”
>> PARA USAR A DOIS

   Reprodução

Qual o melhor lugar para transar?
Recém-lançado, o SexSquare é o primeiro aplicativo brasileiro de geolocalização e é uma espécie de FourSquare do sexo. Funciona assim: com anonimato garantido, você faz check-in no local onde fez sexo e, além dessa informação, pode revelar dados como posição, parceiro e até se usaram algum tipo de “brinquedinho”. Segundo os criadores, o objetivo é estimular as pessoas a compartilharem suas experiências na cama de uma maneira divertida e sensual, sem ser ofensiva. Disponível para Android, o app é gratuito e, em breve, terá sua versão para iPhone.

Leia mais: Sylvia Day, escritora da trilogia “Crossfire”, dá dicas de sexo para as mulheres

   Reprodução

E a melhor posição?
Consulte o oráculo do sexo direto do seu iPhone. O aplicativo KamaSutra tem ilustrações de mais de 100 posições tiradas do famoso livro de sexo. Você pode completar as informações marcando as que já colocou em prática, as que gostaria de testar e aquelas que não tem a ver com o casal. Toda ilustração tem um “how to” de como ser executada. Custa 0,99 dólar.

   Reprodução

Quer jogar?
Esqueça os tradicionais dadinhos das posições. O Jogo Sensual Livre usa roletas no iPhone para determinar quais serão as preliminares. O jogo indica a ação, o local do corpo onde ela deve acontecer e por quanto tempo. Enquanto seu parceiro pratica a sugestão, o app toca músicas sensuais – ou outras de sua playlist pessoal – como forma de cronometrar o tempo da brincadeira. Gratuito.
>> PARA USAR SOZINHO

   Reprodução

Companheiro de todas as horas
Você nunca imaginou que poderia transformar seu smartphone em um vibrador, mas com esse aplicativo a diversão é garantida. O MyVibe permite que se escolha a intensidade do vibração – que pode variar de 0 a 100 na escala deles. Depois disso, basta posicionar o celular na região pélvica e aproveitar o estímulo. O aplicativo é gratuito.

++ Leia mais: Qual tipo de vibrador mais combina com você?

   Reprodução

Usando a imaginação
Para se divertir ou espantar o tédio, o SexyBooth é a solução. Esse aplicativo permite que você veja seu parceiro ou mesmo aquele pretendente do trabalho ou da balada em trajes mais íntimos. Para usar, basta apontar a câmera para a pessoa e esperar que, em poucos segundos, ela aparecerá vestindo apenas a underwear. Custa 0,99 dólar.

Siga a Marie Claire no Follow Me on Pinterest

Continue Lendo

Moda

Confirmado! Kate Middleton está grávida, diz Palácio de St. James

KATE MIDDLETON EM APARIÇÃO RECENTE Enfim, grávida! Kate Middleton está esperando seu primeiro filho com o príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono britânico. O anúncio foi realizado pelo Palácio de St. James nesta segunda-feira (3).
Leia mais: As cópias da princesa: quem são e como vivem as sósias de Kate Middleton
O mesmo comunicado informou que Kate foi internada no Hospital Rei Eduardo VII com um forte enjoo. A duquesa deve permanecer hospitalizada por vários dias. De acordo com um porta-voz, a família real britânica está contente com a notícia do novo herdeiro.
A GENTE JÁ SABIA…
As suspeitas de uma possível gravidez de Kate Middleton já pipocam há meses na imprensa internacional. No último mês de setembro, Marie Claire publicou uma notícia com possíveis sinais da gestação da duquesa. Entre as cinco suspeitas, uma barriguinha proeminente e uma mãozinha que protegia constantemente o ventre.

Siga a Marie Claire no

Publicado há

em

Editora Globo KATE MIDDLETON EM APARIÇÃO RECENTE

Enfim, grávida! Kate Middleton está esperando seu primeiro filho com o príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono britânico. O anúncio foi realizado pelo Palácio de St. James nesta segunda-feira (3).

Leia mais: As cópias da princesa: quem são e como vivem as sósias de Kate Middleton
O mesmo comunicado informou que Kate foi internada no Hospital Rei Eduardo VII com um forte enjoo. A duquesa deve permanecer hospitalizada por vários dias. De acordo com um porta-voz, a família real britânica está contente com a notícia do novo herdeiro.
A GENTE JÁ SABIA…
As suspeitas de uma possível gravidez de Kate Middleton já pipocam há meses na imprensa internacional. No último mês de setembro, Marie Claire publicou uma notícia com possíveis sinais da gestação da duquesa. Entre as cinco suspeitas, uma barriguinha proeminente e uma mãozinha que protegia constantemente o ventre.

Siga a Marie Claire no Follow Me on Pinterest

Continue Lendo

Em alta